Eu quero!

Je Veux - Eu quero 
Zaz

Dê-me uma suíte no Ritz, eu não quero!
Jóias de Chanel, eu não quero!
Dê-me uma limusine, eu faria o quê?

Dá-me o pessoal, eu faria o quê?
Uma mansão em Neuchâtel, não é para mim
Dá-me a Torre Eiffel, eu faria o quê?

Eu quero o amor, a alegria, o bom humor
Não é seu dinheiro que dará felicidade, eu
Quero morrer com a mão no peito 
Vamos juntos, descobrir a minha liberdade, esqueça portanto
Todos os seus clichés, bem-vindo à minha realidade

Estou cansado de sua boa educação, é muito para mim!
Eu como com as mãos, e eu sou assim!
Eu falo alto e eu sou muito sincero, me desculpa!
Chega de hipocrisia, cansei disso!
Estou cansado das línguas de madeira!
Olhe para mim, assim mesmo, não quero você
Eu sou assim (eu sou asim)

Eu quero o amor, a alegria, o bom humor
Não é seu dinheiro que dará felicidade, eu
Quero morrer com a mão no peito 
Vamos juntos, descobrir a minha liberdade, esqueça portanto
Todos os seus clichés, bem-vindo à minha realidade



Volte para lá...

Volte Para O Seu Lar
Marisa Monte
  
Aqui nessa casa
Ninguém quer a sua boa educação
Nos dias que tem comida
Comemos comida com a mão
E quando a polícia, a doença, a distância, ou alguma discussão
Nos separam de um irmão
Sentimos que nunca acaba
De caber mais dor no coração
Mas não choramos à toa
Não choramos à toa

Aqui nessa tribo
Ninguém quer a sua catequização
Falamos a sua língua,
Mas não entendemos o seu sermão
Nós rimos alto, bebemos e falamos palavrão
Mas não sorrimos à toa
Não sorrimos à toa

Aqui nesse barco
Ninguém quer a sua orientação
Não temos perspectivas
Mas o vento nos dá a direção
A vida que vai à deriva
É a nossa condução
Mas não seguimos à toa
Não seguimos à toa

Volte para o seu lar
Volte para lá

Volte para o seu lar
Volte para lá